Foto: Sandro Almeida/Facebook
O secretário de governo, postura e comunicação de São Gonçalo, Sandro Almeida, no dia 20/08, esteve representando o prefeito Neilton Mulim (que estava inaugurando a escola municipal do Anaia) na reunião do Conleste, que ocorreu em Itaboraí. 

Também estavam presentes os prefeitos: Helil Cardozo (de Itaboraí e presidente do Conleste), Rodrigo Neves (Niterói), Solange Almeida (Rio Bonito), Francine Motta (Saquarema), Cica Machado (Cachoeiras de Macacu), Marco Aurélio Dias (Guapimirim), e Válber de Carvalho (Tanguá). Silva Jardim foi representada pelo vice-prefeito, Sebastião Rocha. Magé e Araruama também enviaram representantes, também já declararam apoio oficial ao ato os municípios de Teresópolis e Nova Friburgo. 

O objetivo do encontro teve como ponto principal a organização do movimento JUNTOS PELO COMPERJ.  São Gonçalo também fará sua parte. 

'Mobilizando o povo, através de lideranças e nossos vereadores, faremos ecoar nossas vozes junto a todas as outras que lá estarão. Pela garantia dos empregos, a retomada imediata das obras do COMPERJ e o cumprimento dos contratos dos estaleiros de São Gonçalo e Niterói, estaremos juntos! Buscando solução para esta crise que se agrava a cada dia! Junte-se a nós por esta causa que não tem partido, mas sim a soma de forças por um só objetivo: a retomada do crescimento de nossa região.' Disse no facebook, o secretário Sandro.

PARTICIPE
O abraço será na próxima segunda (24/08)
A caravana de SG estará saindo as 11h, da rua da entrada da Praia das Pedrinhas.

PONTO FACULTATIVO *(Fonte: Jornal O Fluminense)
As prefeituras de Niterói e de Itaboraí decretaram ponto facultativo na próxima segunda feira (24) devido ao ato "Juntos pelo Comerj - Refinaria Já", que acontecerá às 14h, em frente à  sede da Petrobrás, na avenida Chile, no centro do Rio. Escolas, postos de saúde e hospitais funcionam normalmente nas duas cidades. As secretarias de Fazenda e de Administração de Niterói estarão abertas somente para o atendimento ao público. Demais departamentos da administração de Niterói funcionam só até o meio dia. 

O prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim, também apoia a mobilização em defesa do Comperj, no entanto, o município não aderiu ao ponto facultativo.

“Todas as cidades da região foram muito afetadas. Vamos mobilizar os moradores de São Gonçalo para este ato no prédio da Petrobras. Defendemos a conclusão das obras. Muita gente veio de outros estados e estão em nossas cidades, aguardando a retomada das obras. A população de São Gonçalo e da região criou expectativas de ter emprego próximo. Precisamos resgatar a economia de nossas cidades, a geração de emprego. Outro fator foi o aumento da violência na região. Se tem desemprego, a violência também aumenta”, defendeu Mulim.