Ao centro, na presidência da câmara, vereador Amarildo Aguiar.
Imagem: TV Win/Tv  Câmara SG
Preso em julho passado, acusado pela PF de ter fraudado o SUS em R$ 9 milhões, o vereador de São Gonçalo, Amarildo Aguiar (PV) já está livre da cadeia, depois de conseguir liminar da justiça.

O parlamentar teve o seu pedido de habeas corpus aceito pelo desembargador Antônio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, na quinta-feira passada (27/08). Já no dia 1/9/15, o edil retornou à Câmara para retomar suas atividades parlamentares – seu mandato não foi suspenso e, sim, sua remuneração de R$ 15 mil é que teria sido, caso continuasse preso.

No dia 2/9/15, o vereador, durante a breve ausência do presidente da câmara, vereador Diney Marins, iniciou os trabalhos, como mostra a foto. Logo em seguida, devolveu a presidência ao vereador Diney. 

Fonte/texto (com algumas alterações e adições): Território Gonçalense