DO G1

Nesta quarta-feira (16), o prefeito em exercício, Márcio Catão, percorreu agências bancárias acompanhado pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Fazenda de Teresópolis, Região Serrana do Rio. O objetivo foi validar sua assinatura para que possa movimentar oficial e legalmente as contas da Prefeitura. Catão assumiu o executivo após notificação pública do prefeito afastado, Arlei de Oliveira Rosa.

Catão adiantou que pretende avaliar a atual situação financeira dos cofres públicos antes de tomar qualquer medida administrativa. Uma das prioridades é solucionar a questão do atraso dos salários de 46% da folha de pagamento dos funcionários ativos e inativos, visto que 54% foram quitados no dia 4 de setembro. Ele vai negociar com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais que entraram em greve nesta quinta-feira (17).

"Temos esse desafio. A greve é um movimento legítimo, mas esse é um grave momento econômico que o país está passando e que Teresópolis está vivendo. Estamos trabalhando com a equipe técnica da Secretaria de Fazenda e fui aos bancos para reconhecer minha assinatura eletrônica, são detalhes técnicos demorados. Mas tenho o compromisso de concluir a quitação da folha de pagamento, da mesma forma que fiz da outra vez", pontuou o prefeito.

Na busca do equilíbrio financeiro das contas municipais, Márcio Catão disse que já tomou algumas medidas administrativas, entre elas, enxugar a máquina administrativa através da readequação de secretarias e da redução do número de cargos.

Em relação à dívida da Prefeitura com o Instituto de Previdência dos Servidores Municipais, ao atraso no pagamento dos fornecedores e prestadores de serviço, inclusive com os hospitais da cidade, Márcio Catão anunciou que vai buscar a parceria dos governos federal e estadual na tentativa de amenizar a crise econômica que atinge o município.

Fonte/texto: http://g1.globo.com/rj/regiao-serrana/noticia/2015/09/marcio-catao-divulga-primeiras-acoes-como-prefeito-de-teresopolis-no-rj.html