Foto: Marco Speziali
Na última sessão da câmara de SG, dia 14/10, o vereador opositor Alexandre Gomes, voltou a reclamar de um dos mais atuais problemas que assola o município: o problema do lixo. O vereador criticou devido a mensagem enviada pelo poder executivo à câmara onde pedia autorização de caixa para o ano que vem para poder realizar novos contratos com a empresa de coleta.

- "Acabei de escutar aí, mais uma mensagem do governo para tentar fazer dinheiro para tentar fazer dinheiro, para tentar fazer caixa, para o ano que vem. O povo sabe que o ano que vem é um ano eleitoral, é um ano que o governo precisa ter dinheiro para mais uma vez tentar maquiar a cidade, para mais uma vez tentar ludibriar o povo" Comentou o vereador.

O vereador ainda disse, que agora, com esse problema, quem sofre é o povo, e falou ainda que o governo tanto fala que há uma crise na prefeitura, mas pagou à empresa Marquise R$ 5 milhões durante o ano de 2014. Agora, em outubro de 2015, já foram R$ 40 milhões, segundo o vereador, para deixar essa 'zona' na cidade.

O vereador falou também dos bairros que visitou, como Rocha, Jardim Catarina e Boaçu, e viu o estado de calamidade dos bairros. O vereador também falou que os condomínios da cidade estão em estado de calamidade pública, e criticou a secretaria de Infraestrutura (Secretário Francisco Rangel) por não saber administrar o contrato com a empresa Marquise, e quem sai prejudicado é o povo.

Com isso, o vereador deixou bem claro que é contra essa mensagem do executivo, e ainda afirmou que "a cidade de São Gonçalo tá um lixo", e que mais esse pedido de dinheiro para renovar o contrato é somente para ludibriar o povo, que continua sofrendo com o problema na cidade. 

No facebook, o vereador também vem postando várias fotos de onde passa e as fotos que as pessoas enviam mostrando a situação caótica do acumulo de lixo em vários bairros.