Foto: Mariana Pereira 
A sessão na Câmara Municipal de Itaboraí realizada nessa terça, dia 13, pode-se chamar de histórica. Os vereadores chegaram a um consenso que pode mudar os rumos políticos de Itaboraí até o final dessa mandato. 

Sem alternativa para o caos em que vive a cidade, bancada de oposição é agora maioria, sendo 11 dentre os 15 vereadores do município. O presidente da Casa, Deoclécio Machado, levantou o início de uma investigação para levantar o paradeiro do ISS (Imposto Sobre Serviço) de Itaboraí, que está em torno de R$ 506 milhões de reais.

Houve a aprovação da CPI na Itaprevi (previdência municipal) que será comissionado pelos vereadores Alzenir Santana, Roberto Costa e Zé Manel, sendo os suplentes os vereadores Wellington Emerick e Bill. Alterações no secretariado da Câmara, com a destituição do vereador Clemilson Mixaria da mesa diretora. 

Aprovação das indicações da Vereadora Rosana Rosa para o patrolamento das ruas H e S do bairro Monte Verde e também da colocação de pontos de luz na rua Santa Cruz, no bairro Retiro São Joaquim, todas essas indicações foram solicitadas por pedidos diretos dos moradores locais. 

O plenário estava cheio e houve participação dinâmica de todos. Há rumores de que os vereadores já se unem para pedir impeachment do prefeito da cidade, Helil Cardozo, mas nada levado à diante.

O BICHO VAI PEGAR! 
FIQUE LIGADO NO NOSSO BLOG PARA SABER TUDO SOBRE ISSO!