O alto número de cargos comissionados na administração pública era até há pouco tempo quase que um assunto tabu na Câmara de Vereadores. Mas isso vem mudando, sobretudo a partir desta legislatura.

Vários parlamentares têm se manifestado na Tribuna e na imprensa sobre o tema. Os vereadores Marlos Costa, Marco Rodrigues e Alexandre Gomes (Oposição), por exemplo, em junho alertavam que o governo ultrapassara o limite prudencial de pagamentos ao funcionalismo justamente por conta do excesso de comissionados. 

Segundo os vereadores, se nada fosse feito, o governo infringiria a lei de responsabilidade fiscal com sérios riscos de deixar funcionários e prestadoras de serviços sem pagamento.

Para Alexandre Gomes, essa omissão da prefeitura exige medidas imediatas do Ministério Público (MP) para resolver este grave problema: “Deve haver uma postura mais severa do MP, tendo em vista a omissão do poder público municipal que até a presente data age de forma negligente”, disse Gomes.

Fonte: http://www.sindspef.org.br/#!Vereadores-defendem-diminuição-de-cargos-comissionados/ce3x/561fa5e10cf2c6c6437604e6