Secretária de educação de São Gonçalo, Vaneli Laurndio
Foto: PSMG
Os vereadores da oposição em São Gonçalo tem debatido muito sobre o assunto e o fim que os alunos da escola municipal e jardim menino de Jesus poderão levar. Os alunos estudam em uma área aos fundos da igreja matriz de São Gonçalo, no centro, mas, devido à obras, os alunos terão que sair de lá.

O padre André, responsável pela administração da igreja, segundo vereadores, já havia dado ao governo dois anos para fazer estudos sobre onde as crianças iriam. O vereador Lecinho, líder do governo, entrou em contato com a secretária de educação, Vaneli Laurindo e, segundo o vereador, as crianças ficarão na área cedida pela igreja até o final do ano letivo de 2015. 

A oposição afirma que os alunos iriam estudar em uma área improvisada nos antigos vestiário do Colégio Castelo Branco, o que causou indignação nos pais dos alunos e nos vereadores. O vereador Lecinho afirmou, na sessão do dia 27, que as obras estão em avanço para receber os novos alunos. O vereador Alexandre Gomes disse que irá ao ministério público contra isso. 

Vamos acompanhar! 

Direitos de resposta, pedidos de correção, adição de informação, correção de informação errônea e relatos e etc, entre em contato: AQUI