Foto via Axelgrael.blogspot.com
Semáforos controlados digitalmente e monitoramento 24 horas dos 110 principais cruzamentos de Niterói. Estas serão as principais funções que o Centro Operacional da NitTrans - previsto para entrar em funcionamento em fevereiro - terá. De acordo com o prefeito Rodrigo Neves, o Centro funcionará no Cisp (Centro Integrado de Segurança Pública). Atualmente um agente já fica na sala de monitoramento do prédio.

Segundo Neves, ainda este mês começarão as obras e os preparativos técnicos para a construção do centro da NitTrans, que funcionará no segundo andar do Cisp. “Será um investimento de R$ 13 milhões. No local será centralizado o controle de todos os semáforos de Niterói. Eles passarão a ser controlados digitalmente. Além disso, o monitoramento dos principais cruzamentos da cidade permitirá uma resposta mais veloz dos agentes”, afirmou o prefeito.

Para o presidente da NitTrans, coronel Paulo Afonso Cunha, o Centro Operacional de Trânsito representa a evolução do sistema semafórico da cidade, que poderá contar com total controle de acordo com a hora e a necessidade. 

“Poderemos deixar sinais com mais tempo no verde nos horários sem demanda e com o vermelho mais tempo quando houver grande fluxo de veículos. Os cruzamentos serão monitorados e o avanço de sinal reprimido. Niterói terá um sistema semafórico de precisão gerando mais segurança nas vias”, afirmou Paulo Afonso.

O Cisp - que está localizado em Piratininga - foi inaugurado no início de agosto é equipado com tecnologia de ponta e integra todas as forças de seguranças (municipais, estaduais e federais), além do Corpo de Bombeiro, Defesa Civil e até fevereiro a NitTrans. O Centro contará até o final do ano com 500 câmeras que vão monitorar toda a cidade 24 horas por dia. Inicialmente, funcionam 200 dispositivos de monitoramento, sendo que 50 terão alcance de 360 graus.

Fonte/texto: A tribuna RJ