O prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP)
Foto: O Globo
Mergulhado numa grave crise financeira, o prefeito de Cabo Frio, Alair Corrêa (PP), lança na segunda-feira uma nova cartada para tentar economizar.

O chefe vai manter apenas dez secretarias, agregando a elas as outras pastas e coordenadorias da administração.

E, para chegar ao novo organograma, Alair apelou para o "pede para sair": deu até amanhã para secretários, coordenadores e superintendentes apresentarem um pedido de renúncia.

"A exoneração pura e simples seria constrangedora, pois estiveram comigo na campanha. Eles estão desmotivados pela falta de recursos e a renúncia coletiva foi a forma que encontrei de reformular a prefeitura com gente que vai me ajudar a levantar a cidade", justifica Alair, que deve renomear pelo menos cinco nomes.

Futuro
Alair está consciente de que seu futuro político depende do sucesso das operações de cortes e rearranjos.

"Só virei (candidato à reeleição) se conseguir dar a volta por cima. Hoje seria uma estupidez me lançar".

Fonte/texto: Extra, Extra - Jornal Extra