Alexandre Gomes acionou MPF contra Ampla
O Vereador Alexandre Gomes protocolou junto ao Ministério Público Federal uma representação contra Ampla no último dia 18 de janeiro. O documento requer a instauração de procedimento com o objetivo de avaliar a conduta da concessionária no que se refere às falhas recorrentes no fornecimento de energia elétrica e os sucessivos acidentes como o que vitimou quatro membros de uma mesma família. O vereador também oficiou a Agencia Nacional de Energia Elétrica para que a mesma tome as providências cabíveis visando garantir a qualidade necessária na prestação dos serviços por parte da empresa. 

“O número significativo de ações e reclamações apresentados através dos mais diversos canais, além dos recorrentes acidentes ocorridos e divulgados pela imprensa impulsionaram minha atitude de protocolar essa representação. Eu como parlamentar tenho que fiscalizar e defender a populaçExibindo IMG-20160118-WA0007.jpgão desses desmandos,” pronunciou Alexandre Gomes.    

O parlamentar em sua representação anexou documentos, fotos e matérias veiculadas na imprensa que comprovam a ineficiência do serviço prestado pela empresa. Tendo em vista que a concessionária deve respeitar as regras, normas e condições preestabelecidas dos serviços, ou que sejam aplicáveis, conforme os padrões estabelecidos pela ANEEL.

Entretanto, a ANEEL omitiu-se em suas funções de fiscalizar e autuar a concessionária pelas irregularidades já apontadas, embora tenha o conhecimento da ineficiência dos serviços prestados pela Ampla, conforme estudo promovido pela Agência que analisou o índice de satisfação do consumidor.

No estudo a Ampla obteve resultado bem baixo da média nacional, tendo uma variação negativa de aproximadamente 17 pontos percentuais no quesito “satisfação” entre os anos de 2014 e 2015.

“De acordo com o Código de Defesa do Consumidor o fornecimento de energia elétrica é um serviço essencial para a vida da população e a má prestação dele deve ser denunciada. Volto a afirmar que infelizmente a Ampla tem oferecido esse serviço com completo despreparo,” concluiu o parlamentar. 

Fonte/texto/foto: ASCOM