O sonho virou pesadelo | Foto: O Itaboraí
O governo do prefeito Helil Cardoso (PMDB) lançou obra da Academia da Saúde no bairro do Sossego, em Itaboraí. O objetivo era estimular a saúde, por meio de atividades físicas e esportivas, além de prevenção de doenças, promoverem o bem-estar, orientação nutricional, oficinas de artes cênicas, dança, palestras e demais atividades de lazer.

Ao invés de estar promovendo a saúde, está incentivando o consumo de drogas e ao motel durante a noite, segundo os moradores e comerciantes das proximidades. Isso tudo devido a paralisação das obras, iniciadas em 2015 e sem previsão de entregar. Até mesmo a placa que informa os prazos e os recursos utilizados nas intervenções foi destruída com a ação do tempo. Segundo moradores, há mais de um ano a obra da academia da saúde, está paralisada, embora o tempo estipulado para conclusão tenha sido dezembro de 2014.

" Essa é só mais uma das promessas que a Prefeitura faz pra ganhar voto e depois que ganha, não quer mais saber de ninguém. É pouca vergonha! Faço fisioterapia no Centro e poderia estar fazendo aqui, perto de casa. Tenho que tomar seis comprimidos por dia e com os exercícios poderia reduzir para três. Aqui é sujeito uma morte, um estupro, sujeito a qualquer coisa. Às vezes tem uma pessoa escondido aqui e está planejando qualquer coisa e agente não sabe de nada. Quando começou a obra, fiquei tão alegre, não só eu, como todos do bairro, mas depois de ver isso ficamos tão tristes, porque cadê o dinheiro? É muito dinheiro jogado fora e ninguém dá satisfação. Esse prefeito é incompetente junto com seus assessores. Só há promessas desse mentiroso (Helil Cardoso) e a cidade só piora", disse o aposentado Ormindo Fernandes, de 66 anos.

Moradores contaram que com o anúncio da construção da academia, ficaram animados com a possibilidade de ter um espaço para fazer seus exercícios sem precisar ir tão longe e de graça, porém agora a animação com a construção acabou.

"Eu quando posso caminho por aqui, como trabalho o dia inteiro cuidando das crianças, fico cansada para ir lá para fora fazer algum exercício a noite, mas se tivesse a academia aqui perto, seria muito mais fácil. Faz muito bem para a saúde fazer exercício. É que algumas pessoas têm utilizado o prédio para consumir drogas e isso é ruim para nós, que nos sentimos inseguros. Fora isso, também tem o desperdício de dinheiro. Com o abandono, a estrutura que ficou prejudicada vai ter que ser demolida e reconstruída. É mais dinheiro nosso para ser gasto. Esta obra iniciou no primeiro ano do mandato do prefeito Alexandre Von, ele já está no último ano de gestão e não conseguiu colocar para funcionar este espaço tão aguardado pela população. Alias, fez mais, conseguiu disponibilizar para os marginais e meliantes um espaço que acontece de tudo, desde esconderijo para assaltantes, passando por motel, chegando a banheiro público. Isso é uma vergonha. A gente a noite não pode nem mais passar próximo a essa construção, pois o perigo é constante", disse a dona de casa Jussara Oliveira, de 53 anos.

A obra faria parte de uma lista de construção de academias no município orçadas em quase um milhão de reais (R$ 956.813, 11) e financiadas pelo governo federal e recursos do fundo municipal de saúde com a data de início estipulada em 27 de agosto de 2014 e com término determinado para 25 de dezembro de 2014. A prefeitura de Itaboraí só entraria com a contrapartida de aproximadamente R$ 432 mil.

Estamos de olho
O Itaboraí entrou em contato com a assessoria de imprensa da prefeitura para responder os questionamentos feitos pelos moradores, mas não obtivemos retorno até o fechamento desta edição.

O Itaboraí