Foto: O São Gonçalo
A Câmara de Itaboraí vai reabrir as atividades legislativas, a partir das 18h desta terça-feira (16), com a criação de uma Comissão Processante pedindo o afastamento do prefeito Helil Cardozo (PMDB) por 180 dias.

O grupo vai justificar o pedido alegando a necessidade de investigação de "práticas incompatíveis com o cargo de prefeito".

Entre as denúncias está o atraso no repasse de verbas do município à Câmara e o não cumprimento de pedidos de informações dos parlamentares, em maioria sobre contratos de empresas para prestação de serviços na cidade.

Fonte/texto: Extra, Extra - Por Berenice Seara