Foto: Na Rua - Jornalismo 
O prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim, enviou projeto de Lei à Câmara Municipal que oficializa o Plano Municipal de Cultura da cidade válido de 2016 a 2026. O projeto, que foi decidido durante conferências de cultura, onde reuniu representantes da classe artística e autoridades municipais e estaduais, pretende criar e incentivar os eventos culturais da cidade. 

O Plano Municipal de Cultura é realizado em parceria com a secretaria Estadual de Cultura e o Ministério da Cultura, e terá a coordenação da secretaria municipal de Turismo e Cultura. A iniciativa integra o Sistema Nacional de Cultura e tem como objetivo desenvolver todo Sistema Municipal do setor, para implantar e consolidar, em São Gonçalo, uma política de cultura participativa, democrática e inclusiva, através do Sistema Municipal de Cultura (SMC). 

De acordo com o texto, o Plano abrange todos os setores culturais e terá que reconhecer e valorizar a diversidade cultural, étnica e regional do município; proteger e promover o patrimônio histórico e artístico, material e imaterial; valorizar e difundir as criações artísticas e os bens culturais; promover o direito à memória; universalizar o acesso à arte e à cultura, entre outras atribuições. 

Segundo o secretário municipal de Turismo e Cultura, Michel Portugal, o plano era uma reivindicação antiga dos artistas e irá beneficiar a população com melhores estratégicas de acesso à cultura. 

"Fizemos um planejamento que vai abranger todos os setores. Decidimos sobre os tópicos que farão parte do plano. É um grande passo e com isso temos o respeito do prefeito com a classe artística. Muitas cidades possuem o plano, mas não o colocam em prática. Até 2026, teremos que incentivar culturalmente a população, oferecendo e promovendo atividades relacionadas ao setor de acordo com o que decidimos nas conferências", comentou o secretário. O projeto está na Câmara Municipal e deverá ser votado nos próximos dias. 

Fonte: Ascom
Autor: Cícero Borges
Foto: Divulgação/Internet