O presidente da Fundação de Artes São Gonçalo (Fasg), Ronaldo do Carmo Anquieta, e o coordenador pedagógico do Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC) da Universidade Federal Fluminense (UFF), Francisco Gilberg Barreto, participaram, em Brasília, de reunião com o secretário Nacional de Esporte, Lazer e Inclusão Social, Leandro Cruz, o novo ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e a deputada federal Laura Carneiro (PMDB-RJ). 

O encontro, realizado na semana passada, serviu para discutir a transversalidade da cultura nas ações de esporte, por meio do PELC. Em parceria com a UFF, a Fasg quer que, além da realização das oficinas de esporte participativo inclusivo, os espaços de realização do programa ofereçam aulas de dança contemporânea, ballet, violão, violino, canto, contação de história e cine clube. O município de São Gonçalo contará com núcleos do programa que terá início em julho. As atividades serão realizadas nos bairros Centro, Vista Alegre, Jardim Catarina, Marambaia, Alcântara, Arsenal e Fazenda dos Mineiros. As inscrições começam na segunda quinzena de julho nos próprios polos. Não há limite de idade e as oficinas serão gratuitas. 

"No total, serão implantados, por meio da UFF, 11 núcleos do PELC em São Gonçalo, onde a estimativa é atender mais de quatro mil pessoas. O objetivo é fomentar a prática do esporte e as ações de lazer e a cultura na cidade", pontua o presidente da Fasg. 

De acordo com Gilberg, o PELC é um programa do Ministério dos Esportes, desenvolvido por intermédio da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), que tem por objetivo proporcionar a prática de atividades físicas, culturais e de lazer para todas as idades, incluindo pessoas com deficiência. 

"O PELC estimula a convivência social, a formação de gestores e lideranças comunitárias, atendendo a população em geral", destaca o coordenador do programa. 

Fonte: Ascom
Autor: ascom
Foto: Divulgação