Foto: Divulgação
O presidente da Câmara de São Gonçalo, vereador Diney Marins, vai realizar uma investigação para saber onde está o dinheiro federal enviado para o município para realizar obras como o Centro Poliesportivo e na Escola do bairro Mutuá, bairro onde ele reside. Ele disse durante sua fala na sessão do dia 16/06.

"... e tá lá abandonado o Centro Esportivo, abandonado o Colégio das crianças, ante-ontem eu passei estavam tirando o maquinário pela décima vez. Eu a partir dessa semana tô investigando o uso do dinheiro público federal daquele colégio lá [...] Não conseguiu executar a obra desde de 2013, tanto o Centro Esportivo quanto o colégio. Eu tô muito frustrado com o mundo político. [...] Eu já conversei com a população, a comunidade. [...] Eu vou montar prova material primeiro com os pais e depois vou oficializar para a Vaneli (Secretária de Educação) [...] e depois vou botar na mídia. Para explicar o por que que isso acontece. [...] é inexplicável, falta de recurso eu acho que não é."

O presidente ainda desabafou.

"Então assim, você fica frustrado com esse mundo político. É igual a Câmara Municipal aqui, é uma guerra velada o tempo inteiro, se eles pudessem explodiam esse prédio aí para que não fosse inaugurado (Diney se refere ao antigo fórum, no Centro, onde será a sede da Câmara). E eu não consegui recursos e ajuda de lugar nenhum e pra conseguir um engenheiro pra fiscalizar que dificuldade. Difícil, meu irmão, difícil! Uma cidade abandonada, esquecida há mais de 40 anos. Essa cultura nas armas ou na ditadura por que do jeito que vai... Um querendo se locupletar mais que o outro", desabafou Diney.