Professor Paulo
Foto: Claudionei Abreu/A política RJ
Batizado de Junho Vermelho, nacionalmente está sendo realizada uma campanha de incentivo à doação de sangue. No mês marcado por iniciativas propositivas à solidariedade, o vereador professor Paulo (PCdoB) apresentou o projeto de lei nº 052/2016 criando o Dia Municipal de Conscientização e Incentivo à Doação de Sangue. O objetivo é salvar vidas e alertar a todos sobre a importância desse gesto humanitário.

“Devido o início das férias escolares e o frio intenso, dizem os especialistas no assunto, os estoques de sangue diminuem em várias cidades do país. Precisamos dar maior visibilidade a essa questão importante para evitar que haja decréscimo nos estoques dos bancos de sangue. É importante lembrar que durante os períodos de recesso escolar registram-se maior número de acidentes nas estradas, situação que se demanda sangue. Doação é um ato de amor ao próximo”, ressaltou o vereador.

A proposta expressa no PL determina que o poder executivo fique responsável pela implementação de programas voltados para a conscientização da população gonçalense sobre a importância da doação de sangue, seus procedimentos e sua confiabilidade. As unidades municipais de educação e as escolas particulares serão estimuladas a desenvolver atividades abertas ao público, com a distribuição de cartilhas ilustrativas e explicativas acerca do tema, ressaltando sua relevância. Embora celebrado em 14 de junho, dia mundial do doador de sangue, a matéria municipal segue o calendário brasileiro que determina a data de 25 de novembro como o dia nacional do doador.

Os interessados em realizar a doação devem procurar o Homonúcleo da cidade, situado na Praça Estephânea de Carvalho, bairro do Zé Garoto, de segunda a sexta-feira, de 7h ao meio-dia. Para mais detalhes, o centro de coleta disponibiliza o número 2605-6047.