A prefeitura não está realizando repasses às clínicas conveniadas.
Foto: A política RJ
A falta de repasses para clínicas conveniadas à Prefeitura de São Gonçalo poderá ocasionar no fim de diversos serviços médicos prestados à população mais carente. Sem receber desde fevereiro, muitas clínicas não estão atendendo pacientes para tratamento de ortopedia, fisioterapia, fonoaudiologia e psicologia. Dentre as 22 unidades conveniadas, apenas uma ainda está atendendo. A Clínica de Reabilitação Feliciano Sodré, no Centro, recebe 100 pacientes por dia vindos do Sistema Único de Saúde (SUS). Enquanto a prefeitura não abre seu próprio laboratório, os pacientes precisam procurar atendimentos em clínicas particulares.

Segundo funcionários, o atendimento não vai parar porque o dono da clínica entende a necessidade de atender pessoas mais carente. No entanto, eles temem uma superlotação de pacientes de outros locais em busca de atendimento. Ontem um grande número de pessoas esperava atendimento na clínica. A prefeitura não sabe precisar quanto de repasse é feito mensalmente. Em Monjolos há uma clínica que não está mais conseguindo atender.

“A gente não vai deixar de receber essas pessoas que precisam de tratamento. Atendemos 100 pacientes por dia, 50 de manhã e 50 de tarde. A gente entende que a prefeitura também passa por dificuldades. Tudo isso é culpa da crise”, disse um funcionário.

A paciente Maria Auxiliadora Albuquerque, 60, afirmou que tem recebido tratamento regularmente.

“Espero que o atendimento permaneça. Precisamos de médico e não temos como pagar. O serviço pelo SUS é muito importante”, disse.

A Prefeitura de São Gonçalo informou que o Ministério da Saúde fez ontem o repasse referente ao mês de abril. O Estado está há quatro meses sem fazer repasses ao município. A Secretaria de Saúde de São Gonçalo informou que está reorganizando o fluxo de atendimento em suas unidades. Dentro de um mês, a prefeitura estará abrindo seu laboratório municipal. Todos os exames serão feitos na própria rede, assim como os laudos e resultados. Até sexta-feira o município estará pagando aos laboratórios conveniados.

Foto: A tribuna