Para Diego São Paio, decreto de calamidade pública
é necessário em São Gonçalo.
Foto: A política RJ
Na última sessão legislativa da Câmara Municipal antes do recesso, no dia 30/06, o vereador Diego São Paio comentou sobre o estado alarmante da segurança no município de São Gonçalo. O vereador não foi o primeiro a levar o assunto ao parlamento. Há dias o assunto de discussão dos vereador não muda na Câmara. Porém, o opositor São Paio sugeriu que o prefeito de São Gonçalo, Neilton Mulim, siga o exemplo do governador em exercício Francisco Dornelles, e decrete estado de calamidade pública no município, assim como o governador fez no Estado.

Diego afirmou que é necessário esse decreto e que isso ajudará o município. Para ele, é necessário trazer a força nacional e militarismo para a cidade para enfrear os altos índices alarmantes de assaltos e insegurança na cidade, além do déficit de policiais militares para atender a população.

"Nós temos 571 policiais só em São Gonçalo para mais de um milhão de habitantes [...] Estado de calamidade pública o que estamos vivendo aqui, tem que decretar! Ir em Brasília, chamar força nacional, fazer qualquer coisa. Do jeito que está não dá!"