Ex-vereador de São Gonçalo e pré-candidato ao legislativo nessas eleições, o professor José Augusto Abreu Nunes, de 64 anos, é morador de Santa Catarina e tenta uma cadeira no parlamento municipal pelo PPS. Sua bandeira será defender investimentos para a cultura e educação.

Conte um pouco para nós quem é você.
Iniciei minha vida política no PDT com Leonel Brizola. Em 2005 ingressei no PPS. Como vereador tive a oportunidade de criar diversas leis que favorecem até hoje o cidadão gonçalense. Em destaque as seguintes:

Emenda Lei Orgânica: 1% Para Cultura. O município de São Gonçalo aplicará, no mínimo, 1% de sua receita, resultante dos impostos, compreendida e proveniente de transferências, para manutenção e desenvolvimento da cultura.

Lei 163/08: Institui o programa da agenda 21 local, no âmbito do município de São Gonçalo, para a proteção do meio ambiente.

Lei 032/05: Dispõe sobre a realização de audiências públicas como complemento auxiliar para a preparação do Plano Plurianual, Lei das Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária do sistema financeiro com a participação da comunidade.

Lei 160/08: Institui como o Patrimônio Público Cultural a Feira de Artes e Tradições populares de São Gonçalo

Lei 132/08: Tornam Patrimônio Cultural de São Gonçalo as Folias de Reis.

Lei 124/08: Institui a Lei da “casa da cultura” no âmbito do município de São Gonçalo. Homenagem ao artista Aluçã.

Lei 144/08: Dispõe sobre a instituição, no âmbito do município de São Gonçalo, da semana de Prevenção e combate a obesidade.

Lei 162/08 Regulamenta e Estabelece critérios sobre as notificações de casos suspeitos de dengue por parte da rede de assistência médica pública e particular do município de São Gonçalo.

Lei 155/08 Dispõe sobre a sinalização das vias onde se localizam estabelecimentos de Ensino, garantindo a segurança aos Estudantes.

Lei 130/08 Dispõe sobre a reserva de percentual nas casas construídas pelo Município de São Gonçalo para mulheres chefes de família.

Lei 048/07 Institui a Política Municipal do Idoso que tem por objetivo gerar condições para proteção e a promoção da autonomia, da integração e da participação efetiva do Idoso na sociedade.

Aproveite e conte um pouco da sua trajetória. Como e porque entrou par a política?

Durante meus mandatos como vereador pude trazer muitos projetos para nossa cidade, estes foram alguns deles. Projetos que deram certo e sempre preocupado em oferecer o melhor para todos, de forma que o maior beneficiado seja o cidadão da nossa amada terra.

1974- Professor Estadual / concurso público.

1979 – Fundador do SEPE/SG – Sindicato dos Profissionais da Educação.
Professor do Colégio Estadual Nilo Peçanha.
Professor do Colégio Estadual Moura e Silva.

1984- Diretor do Colégio Estadual Henny Mendonça da Gama.

1985- Diretor do IECN- Instituto de Educação Clélia Nanci.

1988/89 - Diretor eleito pela comunidade escolar do Colégio Estadual Nilo Peçanha.

Quais são suas experiências políticas?

1988 – Eleito Vereador de São Gonçalo com 1.380 votos.

1989 – Relator da Lei Orgânica do Município de São Gonçalo.

1994/1998 – Diretor Do Colégio Estadual TrasilboFilgueiras.

2001/2003 – Coordenador Regional de Educação – Metropolitana II responsável pelos municípios de São Gonçalo, Niterói, Maricá, Itaboraí, Tanguá e Rio Bonito.

2003/2004 – 2° mandato de Vereador eleito com 3.814 votos.

2004 – Eleito para o 3°mandato de vereador, o quarto mais votado do município com 6.314 votos.

2005- Secretário Municipal de Cultura e Turismo.

Atualmente diretor geral do Centro Educacional Otacir Amorim, no bairro do Jardim Catarina.

Qual sua expectativa para as eleições deste ano?

Que o PPS assuma o comando do município de São Gonçalo, com propostas e planejamento que atenda melhor as necessidades de qualidade de vida para os gonçalenses.

Se for eleito, quais projetos pretende defender no legislativo de São Gonçalo?

Defenderei o comprometimento com a honestidade, vou legislar para o interesse público e fiscalizar com seriedade e compromisso.

O seu partido terá candidato a prefeito ou vai formar alianças? * Caso tenha, por que você acredita que ele pode ser eleito prefeito de São Gonçalo?

Sim, o PPS tem candidato próprio. Porque atende a todos os requisitos de um bom governante com visão de gestão pública, e tem uma trajetória política de confiança.

Quantos votos você precisa para ser eleito?

Em uma visão mais amadurecida e realista. Para se eleger no PPS será preciso entre 2.500 a 4.000 votos.

Para você, nas eleições os religiosos fazem a diferença?


Não acredito que faça diferença, mais tem sua importância.

A sua comunidade apoia sua candidatura à vereador?

Sim. Meu perfil abrange todo município de São Gonçalo.
Tenho duas bases eleitorais importantes:
 Zona Eleitoral 87° - que vai de Santa Catarina a Venda da Cruz

Zona Eleitoral 132° - Jardim Catarina, Santa Luzia, Monjolos.

Como você avalia o governo do atual prefeito Prefeito Neilton Mulim?

Não atendeu as Expectativas das propostas da Campanha. Realizou uma gestão distanciada da comunidade que o elegeu em todas as áreas: saúde, educação, mobilidade urbana, social e ambiental.

Qual sua opinião sobre o trabalho que vem sendo feito pelo legislativo de São Gonçalo?


Legislativo ainda submisso ao executivo. Com cultura do fazer, do realizar obras.

Se for eleito, quais temas você dará prioridade na Câmara?

Legislar e fiscalizar. Incentivar a população a participar mais do Plano Plurianual / Lei orçamentária.

Promover Orçamento Participativo.  – Lei de minha autoria N° 82/2005.

Você acredita que tem boas chances de ser eleito vereador? Por que? 

Sim, bom trabalho realizado.  Trabalho para a comunidade lutas pelo social e desenvolvimento sustentável.

Chegando à câmara, como pretende atuar?

Com seriedade e verdade com comprometimento com o público.

Para você, qual é o maior problema de São Gonçalo atualmente?

O maior problema de São Gonçalo é a desigualdade social, diferentes regiões urbanas / periferias, e má gestão pública.

Além da sua família, a comunidade, você conta com o apoio de algum político da nossa região para apoiar sua campanha?

Conto com alguns ex-vereadores que acreditam no meu potencial e o meu compromisso.

Para finalizar nossa entrevista, deixe suas considerações finais e uma mensagem a população de São Gonçalo e nossos leitores em geral.

Peço ao povo de São Gonçalo, que faça uma reflexão do poder do voto, que use com verdade e sabedoria, que busque mais sobre o executivo e o legislativo.  Conheça melhor os candidatos e exerça seu direito. Sabendo que com o voto ele pode fazer um município melhor, com mais qualidade de vida.

-

Se você pretende se candidatar a vereador em São Gonçalo e quer informar suas idéias e projetos para a população, através deste canal de notícias, entre em contato com o nosso blog pelo facebook: www.facebook.com/apoliticarj - Envie mensagem em modo privado.