Ricardo de Oliveira Machado, de 39 anos, morador do Arsenal, é filiado ao PTB. Funcionário público e morador do Arsenal, Ricardo Machado tenta uma vaga no legislativo gonçalense pela primeira vez. "Sou autor e editor do blog Portal do Arsenal, que crie há 6 anos atrás com o intuito de denunciar o descaso da prefeitura não só com o Arsenal como também com os bairros vizinhos da nossa região", conta Ricardo.

Como e por que entrou política? Quais são suas experiências políticas? Já concorreu em outras eleições? 

Entrei na política há 5 anos, comparecendo em audiência públicas, reuniões e sessões da câmara para conhecer mais os mecanismos políticos para melhorar nossa cidade. Nunca concorri a algum cargo eletivo.

Qual sua expectativa para as eleições deste ano? 

A expectativa é que haja uma grande renovação na câmara municipal, em quantidade e qualidade.

Se for eleito, quais projetos pretende defender no legislativo de São Gonçalo? 

Tenho vários projetos que vou colocar em prática, entre eles:

Na Educação, exigir a construção imediata da creche municipal no Arsenal, que o atual prefeito se comprometeu a fazer e não cumpriu.

Na Segurança Pública, estreitar ainda mais a cooperação já existente com o DPO do Jóquei e com a delegacia do Rio do Ouro, entes públicos responsáveis pela segurança pública de nossa região.

No Meio Ambiente, fazer uma fiscalização constante do Aterro Sanitário do Anaia, para acabar com o constante mal cheiro oriundo do aterro.

No Emprego, incentivar feiras de artesanatos nos bairros, gerando renda local.

Quem você apoia para prefeito?

Meu partido está coligado com o PSB e PPL. Com isso, apoiamos o candidato Marlos Costa.

Quantos votos você precisa para ser eleito? 

Cerca de 2.500 votos.

Para você, nas eleições os religiosos fazem a diferença? 

Os votos dos religiosos sempre fazem diferença, mas não gosto de misturar política com religião.

A sua comunidade apoia sua candidatura à vereador? 

A comunidade sempre apoia aquele que quer fazer a diferença na política e comigo não é diferente.

Como você avalia o governo do atual prefeito Prefeito Neilton Mulim? 

O governo Neilton mulim é um desastre. Infelizmente, ele não fez a mudança que prometeu há quatro anos atrás.

Qual sua opinião sobre o trabalho que vem sendo feito pelo legislativo de São Gonçalo?

É aquém do que deveria ser feito. Como o atual prefeito tem maioria na câmara, várias CPI e investigações sérias deixaram de ser feitas.

Se for eleito, quais temas você dará prioridade na Câmara? 

São Gonçalo é, infelizmente, uma cidade carente de quase tudo. Destaco a Segurança pública, a Saúde, a Educação, a Mobilidade pública e a Cultura e lazer.

Você acredita que tem boas chances de ser eleito vereador? Por que? 

Sim, acredito, pois a população está cansada dessa velha política, desses mesmos candidatos que se preocupam somente com cargos, sem se preocupar em realmente ajudar a população.

Chegando à câmara, como pretende atuar? 

Independente de quem for o prefeito eleito vou procura-lo para criarmos uma agenda que possa gerar obras para meu bairro e bairros vizinhos.

Para você, qual é o maior problema de São Gonçalo atualmente?

Segurança, Saúde, Educação, Mobilidade pública e Cultura e lazer.

Além da sua família, a comunidade, você conta com o apoio de algum político da nossa região para apoiar sua campanha? 

Por ser minha primeira candidatura na política, não tenho apoio de nenhum político.

Para finalizar nossa entrevista, deixe suas considerações finais e uma mensagem a população de São Gonçalo e nossos leitores em geral.

Agradeço a oportunidade  e tenho certeza que a população está cansada de falsas promessas e este ano vai refletir com seriedade e serenidade antes de votar, pois ainda há pessoas com o objetivo de melhorar nossa cidade e eu sou uma delas.