A onda da doação para as campanhas está funcionando em São Gonçalo. Devido à reforma eleitoral, as empresas estão proibidas de financiar candidatos, porém, doações de pessoas físicas às campanhas são legais. E esse nova forma de ajudar a campanha está pegando em São Gonçalo. 

Um dos candidato mais beneficiado com doações é o prefeito e candidato à reeleição, Neilton Mulim, que já arrecadou, somente em doações, R$80.700,00. O candidato é o que mais tem mais de 60 doadores. Recordista em número de doadores nestas eleições, Mulim ainda não recebeu nenhum centavo do fundo partidário. 

Em primeiro lugar com recursos arrecadados (R$201 mil) e segundo em número de doadores (35), está Diego São Paio, que também não recebeu um centavo de fundo partidário.

No Rio, o maior beneficiado com essa novidade eleitoral, é o candidato do PSOL, Marcelo Freixo, que já arrecadou mais de R$260 mil reais em doações.

As informações são do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e podem ser acessadas AQUI.