Exibindo IMG_6920.jpg
Diego debateu assuntos referentes à esporte e cultura
Foto: Ruan Richard
“Diego na Rede” agora é realizado duas vezes por semana, com a presença de auditório. Plateia e internautas fazem perguntas sobre melhorias para a cidade.

A segunda edição do “Diego na Rede” com convidados mostrou que o novo formato conquistou mesmo os internautas. Candidato a prefeito de São Gonçalo pela Rede Sustentabilidade, Diego São Paio falou sobre Esporte e Cultura por aproximadamente uma hora.

O primeiro bloco da transmissão ao vivo foi dedicado à cultura, no qual Diego respondeu a perguntas como a da artista Lizzy Alves, pela internet, e do convidado Guilherme Carvalho, músico e produtor cultural da cidade, sobre valorização de atividades culturais e de artistas gonçalenses.

“Vamos criar condições para que o artista não tenha que sair da cidade para viver do que faz. Além disso, vamos fomentar as práticas culturais que já existem, como o hip hop, o grafite e o rap. Não vamos levar cultura para a periferia, ela já existe. Está presente na formação do cidadão. Nossa gestão vai incentivar a cultura urbana.  Eu elaborei um projeto de lei para reconhecer o grafite como expressão popular”, explicou o candidato.

Outro ponto destacado por Diego foi o Plano Municipal de Cultura, que prevê as diretrizes para a cultura de São Gonçalo pelos próximos dez anos e está engavetado há três anos pela Prefeitura.

“Realizamos uma audiência pública para cobrar a execução do Plano Municipal de Cultura, que agora terá diretrizes apenas pelos próximos sete anos, devido a demora a ser executado. São Gonçalo tem um orçamento de  pouco mais de R$ 1 bilhão e a Secretaria de Cultura recebe apenas R$ 1,2 milhão. Nosso objetivo é ampliar gradativamente a verba da Cultura para 1% do orçamento municipal”, afirmou.

No bloco sobre esporte,  Diego falou sobre os projetos para incentivar o desenvolvimento do setor na cidade. Um dos convidados do programa, Mestre Cirval quis saber como é possível ajudar os atletas da cidade. Para conseguir viajar para participar do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, os atletas da equipe do mestre pediram dinheiro nos sinais de trânsito.

“Vamos instituir parâmetros da lei de incentivo fiscal para empresas que patrocinem os atletas.  A gente precisa valorizar os nossos atletas e buscar a popularização de outras modalidades.  Vamos resgatar os Jogos Estudantis, tão importantes na década de 1990. Precisamos apoiar os projetos sociais que são desenvolvidos em diversos bairros da cidade e responsáveis pela descoberta de verdadeiros talentos”.

Diego lembrou ainda do projeto de lei apresentado na Câmara para a construção de um Skate Park na Praça do Colubandê, mas que até hoje não saiu do papel.

“Apresentei o projeto há bastante tempo, mas até hoje não foi executado. Niterói acabou construindo o Skate Park antes de nós. É um espaço legal, muito aproveitado por gonçalenses, que poderiam ter a sua própria área. Enquanto isso, o chafariz desativado da Praça do Colubandê acumula água parada e se torna um foco de dengue”, declarou Diego.

O Diego na Rede é exibido todas as terças e quintas, a partir das 20h41.