Resultado de imagem para Jorge Mariola
Falta de quórum não permite ser votado projeto do vereador Mariola que
obriga climatização nos ônibus da cidade | Foto: O São Gonçalo
Por A tribuna
A campanha eleitoral segue nas ruas e vereadores com mandato da Câmara de São Gonçalo, que vão disputar a reeleição, preferiram deixar a sessão plenária, local onde os projetos são debatidos e votados, em segundo plano. Embora os vereadores só precisem justificar presença e “bater o ponto”, o esvaziamento da Casa é notório. 

Entre os projetos que aguardam votação está um que a população aguarda há mais de cinco anos, que se refere à climatização dos ônibus, criado pelo vereador candidato a reeleição Jorge Mariola, apoiado pelos vereadores Diney Marins e Professor Paulo. “A sessão de ontem, que está tendo início às 10h, só contava com cinco vereadores em plenário e foi aberta com quase meia hora de atraso. Dos 27 vereadores, 22 faltaram e apenas cinco justificaram a ausência pela manhã. Ou seja, pelo menos dez deveriam ter a falta sem justificativa descontada em folha. Segundo informações, existem mais de 50 projetos para serem discutidos pelo legislativo gonçalense. 

O site da Câmara de São Gonçalo está fora do ar, consta como em manutenção e a população não tem como ver os registros dos nomes dos vereadores que faltaram sem justificar o motivo. 

Procurada, a assessoria da Câmara informou que para solicitar informações sobre presença dos vereadores é necessário ir à Câmara e abrir um processo. A assessoria limitou-se a dizer que a Casa não divulga as justificativas e faltas dos parlamentares “porque a Câmara tem horário para abrir e fechar a sessão e não responde por cada um de seus vereadores”. 

No plenário ontem era visível a falta de interesse e ansiedade dos vereadores para que a sessão acabasse. Por enquanto, eles só são obrigados a passar a manhã no plenário provisório da OAB-SG e podem se dedicar à campanha no resto do dia, mas não é suficiente. A nova sede da Câmara está em reforma e a previsão é que em outubro ou novembro as sessões passem a ser realizadas no horário regimental, às 19h, às terças, quartas e quintas-feiras.