Exibindo Diego e Marina.JPG
Diego São Paio já conversou de candidatura com Marina
Foto: Divulgação
Pela primeira vez na cidade, ex-senadora estará em Alcântara neste sábado, para conversar com a população sobre propostas de um governo mais profissional, participativo e transparente.

Marina Silva estará em São Gonçalo pela primeira vez neste sábado (03). A fundadora da Rede Sustentabilidade fará caminhada em Alcântara, às 16h30, com o candidato a prefeito Diego São Paio.

Para a ex-senadora, esta será uma oportunidade de reforçar o compromisso da Rede com a 16ª maior cidade do país: promover um governo profissional e transparente que tire a cidade do atraso.

“São Gonçalo tem a oportunidade de ter um administrador à frente do governo, alguém que já demonstrava como vereador seu compromisso com a cidade. O Diego representa nossa proposta coletiva por uma gestão de qualidade, na qual o dinheiro público seja aplicado de forma séria e eficaz, a fim de mudar esse quadro de abandono que o cidadão tem enfrentado hoje, diante do desemprego, da falta de atendimento na saúde e da insegurança”, afirmou Marina.

Para Diego, a candidatura tem cativado os gonçalenses por enfatizar que o morador tem papel fundamental na transformação da cidade.

“Vemos que desde os bairros mais distantes, como Guaxindiba, Bom Retiro, até os mais próximos do Centro, como São Miguel ou Brasilândia, reclamam da falta de acesso a serviços básicos, como iluminação pública e coleta de lixo. E por mais que reclamem junto à Prefeitura, se sentem esquecidos pelo poder público. O morador não tem que pedir favor. Ele é a prioridade, ele sabe do que cada região precisa. Por isso, estamos felizes em ver a adesão do gonçalense a este projeto. Juntos, podemos promover a mudança que São Gonçalo merece”, declarou o candidato.

Além da caminhada em Alcântara, Marina Silva também irá ao Colubandê, para conhecer a sede da Rede em São Gonçalo. Nas duas vezes em que foi candidata à presidência, a ex-ministra ficou bem cotada nas urnas gonçalenses. Marina alcançou 136 mil votos somente em 2014, o equivalente a cerca de 30% dos votos válidos e o segundo lugar na preferência do eleitorado.