Senador Romário, Marlos Costa, Ilcéa Borges, candidata a vice e a prof.
Cristiane Fiuza, esposa de Marlos | Foto: Débora Mattos
Na tarde de hoje o candidato a Prefeito pelo PSB, Marlos Costa, participou de carreata com o senador Romário. Durante a manhã o socialista visitou a Ceasa-SG, em seguida caminhou pelo bairro Colubandê, onde falou sobre as suas propostas para a cidade.

Durante a caminhada moradores reclamaram sobre o baixo investimento na área de infraestrutura e saneamento básico no bairro.

“Em meu governo vou viabilizar e complementar o programa de universalização do abastecimento de água para 90% de São Gonçalo; além de aumentar a parceria com a iniciativa privada para o alcance de 65% de cobertura de esgotamento sanitário nos quatro anos de gestão, e criar o serviço permanente e monitorado de limpeza das galerias, canais e canaletas” , disse Marlos.

Já no início da tarde Marlos e sua candidata a vice-prefeita Ilcéa Borges, participaram de carreata ao lado do senador Romário, o evento teve início no bairro de Neves e percorreu as principais ruas da cidade até o centro de São Gonçalo. Ao todo cerca de 200 carros aderiram a carreata.

O senador declarou apoio a candidatura do Marlos Costa na cidade de São Gonçalo e ainda ressaltou que o candidato é o mais preparado para ocupar o cargo no executivo municipal.

“A todos gonçalenses, quero dizer que é uma honra está aqui na cidade. Estou na política há 5 anos e meio e entendi que a política é lugar de pessoas sérias e comprometidas, e neste momento em São Gonçalo não tem ninguém tão sério, comprometido e com disposição de trabalhar e ajudar a cidade como o Marlos. Ele é uma pessoa de caráter, trabalhador e que tem uma paixão muito grande por São Gonçalo, por isso Marlos Costa é o meu candidato a Prefeito”, disse o baixinho.

Marlos ressaltou a importância da vinda do senador a cidade.

“Senador Romário é nosso grande apoiador, foi uma pessoa decisiva na nossa candidatura e na nossa campanha. O senador foi a pessoa que me trouxe para o partido, para que hoje a gente pudesse disputar a Prefeitura de São Gonçalo e ter esse grande desafio de governar o município e de devolver São Gonçalo aos gonçalenses”, conclui Marlos