Diego São Paio foi surpreendido por troca de tiros | Foto: Carú Pastor
Três pessoas foram vítimas de balas perdidas - entre elas dois irmãos adolescentes - durante um tiroteio no Complexo da Coruja, no Vila Lage, em São Gonçalo, na tarde de ontem. O candidato a prefeito de São Gonçalo, Diego São Paio (Rede), estava fazendo campanha na comunidade e ficou no meio do fogo cruzado. A Polícia Civil investiga a informação de que houve um confronto entre traficantes e homens que faziam a segurança do político.

Gabriela Gouveia, de 13 anos, levou um tiro no tórax, foi estabilizada no Pronto Socorro de São Gonçalo (PSSG), no Zé Garoto, e transferida para o Pronto Socorro Infantil. Seu irmão, Gabriel Gouveia, de 15 anos, foi atingido no peito e seu estado de saúde é considerado grave. Já Roberto Enéas da Silva, de 85 anos, foi baleado na perna e também está internado no PSSG.

Segundo policiais, o tiroteio começou no momento que o candidato Diego São Paio saía da comunidade. Ele e sua equipe foram amparados por moradores e precisaram se abrigar numa residência. Minutos após a ação, o helicóptero da PM sobrevoou a Coruja. Dezenas de policiais estiveram na 73ªDP (Neves), mas não quiseram falar sobre o caso. A delegada de plantão preferiu não dar declarações até ouvir o depoimento de todos os envolvidos.

Em nota, a assessoria de imprensa de Diego afirmou que o candidato estava na comunidade durante o tiroteio, mas não confirmou que o confronto envolveu seus seguranças. “O candidato a prefeito Diego São Paio esteve no Morro da Coruja na tarde desta sexta-feira. Na saída da comunidade, a equipe foi surpreendida por um tiroteio no bairro, mas foi auxiliada por moradores. Nenhum integrante foi ferido”.

Fonte: http://www.osaogoncalo.com.br/POLICIA/18029/TRES-BALEADOS-E-CANDIDATO-NO-MEIO-DO-FOGO-CRUZADO