O Secretário Estadual de Saúde, o Prefeito, a Primeira-dama e o secretário
municipal de saúde. Foto: Girley Oliveira
Na tarde desta quinta-feira(5), o Prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, se reuniu com representantes da saúde Municipal e Estadual para discutirem formas de viabilizar recursos para o município.

O secretário estadual de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr, propôs a municipalização das Unidades de Pronto Atendimento (Upas) Estaduais, nos bairros Santa Luzia e Colubandê. Segundo ele, após analisar os aspectos estruturais, jurídicos e contratuais, o processo de municipalização dura três meses.

"Todo Estado passa por um momento muito difícil e com São Gonçalo não é diferente. Nossa equipe técnica irá avaliar a proposta para melhorar o atendimento de urgência em nossa cidade", explica o prefeito.

A possibilidade de um atendimento especializado nas unidades é uma saída que beneficiará a melhoria na assistência à população.

"A mudança no perfil é uma tendência que colabora com a melhoria da qualidade dos serviços. A possibilidade de uma Upa ortopédica e outra somente para pediatria, diminuirá o fluxo nos prontos-socorros. Hoje, 30% do atendimento realizado no pronto-socorro central é para ortopedia, quando deveríamos realizar somente atendimentos de alta complexidade", avalia o secretário municipal de Saúde, Dimas Gadelha.