Foto: TV Win/TV Câmara
O vereador de São Gonçalo, Dr. Armando Marins, solicitou ao prefeito José Luiz Nanci, a revogação do decreto (012/2017) que aumentou o valor da passagem municipal de R$ 3,45 para R$3,95. O reajuste de 12,66% está valendo desde o último domingo (15).

Para o vereador o aumento das passagens pode agravar ainda mais a atual crise financeira pela qual passa a cidade, já que muitos empregadores podem ser obrigados a dispensar funcionários devido ao aumento dos encargos.

De acordo com o levantamento feito pelo Dr. Armando Marins, o Índice Médio de Preços ao Consumidor (IPC), dos últimos 12 meses foi de 6,18% segundo a Fundação Getulio Vargas e o aumento do salário mínimo foi de 6,47%. Para o vereador o aumento de 0,50 na passagem é incompatível com a realidade da maioria dos trabalhadores que dependem do transporte público.

No mesmo ofício (005/2017) que pede o cancelamento do aumento da tarifa de ônibus, Armando Marins pede também o cumprimento do consórcio de transportes de São Gonçalo, bem como a substituição da frota por veículos que tenham ar condicionado e acessibilidade plena, uma vez que, atualmente apenas 47% da frota atendem a legislação em vigor.