Foto: PRB/RJ
A comissão especial que discutirá a Reforma Trabalhista (PL 6787/16) na Câmara foi instalada na tarde da última quinta-feira (9). O deputado gonçalense Roberto Sales (PRB) é um dos integrantes da comissão que discutirá a proposta do governo. 

O texto encaminhado pelo governo federal modifica a legislação em relação a 13 pontos. Sendo alguns sujeitos a acordo. Dentre eles, a jornada de trabalho de 220 horas mensais e os planos de cargos e salários. 

O partido do deputado Roberto Sales, o PRB, é base do governo federal na Câmara dos Deputados. O Presidente nacional licenciado do partido é Marcos Pereira, Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

O líder do PRB, deputado Cleber Verde (MA), já se posicionou a respeito do tema. Segundo ele, a geração de oportunidades de trabalho para o brasileiro é o mais importante neste momento. “Já passa de 12 milhões o número de desempregados no nosso país. Precisamos nos unir em favor da criação de perspectivas econômicas para gerar novas oportunidades de emprego. É isso que o cidadão precisa”, disse o líder.

Para o deputado Roberto Sales, sua participação na Comissão será em defesa do trabalhador.

“Nossa participação será pautada somente para a defesa do trabalhador, assegurando seus direitos e deveres” , acrecentou Roberto Sales.

SOBRE ROBERTO SALES
Roberto Sales é deputado eleito pelo Rio de Janeiro. Em seu primeiro mandato, criou a Frente Parlamentar de Incentivo a Captação e Doação de Órgãos. Atualmente, é vice-líder do PRB e membro da Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF).