Foto: Divulgação/Facebook
O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE) de São Gonçalo realizou assembleia geral hoje, no Colégio Castelo Branco, para decidir os rumos da categoria. Os profissionais da educação recusaram a proposta do governo em parcelar em até oito vezes o salário (atrasado) referente ao mês de dezembro de 2016.

"Não abrimos mão de nenhuma frente de batalha, seja jurídica ou em mesa de negociação com o executivo. No entanto ainda não recebemos o salário de dezembro e o parcelamento segue sendo inaceitável", diz o Sindicato.

Os profissionais continuarão em greve até o dia 06, dia em que estava previsto o retorno às aulas. Neste dia, farão outra assembleia para decidir sobre quais rumos serão tomados.