Fonte: Ascom
O prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, acompanhou mais uma ação do mutirão da limpeza na cidade. Acompanhado pelo vice-prefeito, Ricardo Pericar, esteve em uma área na divisa entre os bairros Coelho e Jardim Alcântara, às margens do Rio Alcântara, que estava servindo para despejo irregular de lixo. O prefeito garantiu estar negociando novos contratos com as empresas de recolhimento de lixo com valores menores, e estima que a coleta no município esteja regularizada dentro de dois meses.

“Estamos dialogando com as empresas para conseguir uma redução de contratos entre 30% e 40% e também pedindo o parcelamento dos débitos. Estamos buscando soluções para trazer conforto à população. Essa limpeza vem sendo feita graças a parcerias e, com isso, estamos reduzindo custos com aluguéis de maquinários. Em dois meses, espero que a coleta seja regularizada em sua totalidade. São Gonçalo é uma cidade bonita, mas está mal cuidada”, disse.

Moradora da Rua Tiago Cardoso, a proprietária de um salão de festas, Ludmilla de Souza, 56, estranhou a presença do prefeito e agradeceu por estar acompanhando de perto as ações de limpeza na cidade.

“Essa região está abandonada. Não tenho mais alugado meu salão por conta desse lixo. O Nanci é o primeiro prefeito que veio aqui. Por isso, fiz questão de agradecer”, disse Ludmilla.

Notificação e multa – O despejo irregular de lixo e o abandono de terrenos são proibidos e estamos avaliando uma logística para coibir tais ações da população e proprietários dos imóveis em questão.

“As leis existem, o que falta é fiscalização. A ideia é primeiramente notificar. Caso haja recorrência, aplicaremos a multa”, afirmou Nanci.

Fonte: Ascom/Foto: Ricardo Precioso