Foto: Reynaldo Felix
O primeiro dia de aula da rede municipal de São Gonçalo, nesta segunda (6), foi marcado pela visita do secretário de Educação de São Gonçalo, Diego São Paio, a algumas unidades, a fim de acompanhar o início do ano letivo. Cento e sete escolas e quatro creches receberam os alunos nesta segunda.  As outras 45 creches voltam a funcionar no próximo dia 13.

O secretário Diego São Paio afirma que as visitas serão frequentes, pois são importantes para acompanhar o trabalho das unidades, identificando as necessidades rapidamente e mantendo a proximidade com a comunidade escolar. Trata-se de um direcionamento exigido pelo prefeito, José Luiz Nanci.

“Fiz questão de acompanhar o primeiro dia de aula. Nossa gestão não ficará restrita aos gabinetes e minha equipe está ciente disso. É um posicionamento que compartilhamos com o prefeito José Luiz Nanci, de um governo presente e atuante. Estar nas escolas é fundamental para o bom andamento do trabalho, principalmente quando podemos pensar junto com os funcionários, os responsáveis e os alunos. Sabemos que há muito a ser feito pela educação de nossa cidade e estamos trabalhando em várias frentes”, afirma Diego.

Merenda - No último fim de semana, equipes da Subsecretaria de Infraestrutura distribuíram cerca de 190 toneladas de alimentos nas escolas e creches da rede. Vinte unidades receberam os produtos na manhã desta segunda (6).

A chefe da Divisão de Educação Alimentar, Ana Angélica Souza, conta que a elaboração do cardápio foi feita durante o mês de janeiro, com atenção à qualidade dos produtos, aos prazos de entrega e às particularidades do cardápio.

“Realizamos o planejamento de cardápio com visitas a todas as unidades escolares da cidade, conversando com funcionários, professores e diretores, para estabelecer a melhor dinâmica. Os estoques de carne, frango e peixe serão repostos quinzenalmente. Leite, biscoito e achocolatado serão entregues toda semana. Mensalmente a escola será abastecida com os gêneros não perecíveis, como arroz e feijão. Já o estoque de hortifruti e temperos será renovado uma vez por semana. No total, a merenda escolar contém 69 itens”, explica Ana Angélica.

NEM TODOS VOLTARAM ÀS AULAS
Hoje foi o primeiro dia do ano letivo de 2017, ou pelo menos deveria ser. Os profissionais de educação do município decidiram, em assembleia, entrar em greve na última quarta-feira (01). Na manhã de hoje, novamente em assembleia, decidiram permanecer em estágio de greve. O que a categoria reivindica é o pagamento integral do salário de dezembro; o cumprimento da lei 11.738, que visa o piso salarial da categoria e garante um terço da carga horária para planejamento do profissional; além de outras pontuações do cronograma como a eleição direta para diretores e concurso para equipes de apoio das unidades - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS.