Foto: Divulgação
Em  comemoração ao Dia Internacional da Mulher, data que remete à luta das mulheres por direitos civis e melhores condições de vida, a Câmara de São Gonçalo tem elaborado diversas leis em defesa dos direitos da mulher. E ontem, recepcionou as mulheres com uma exposição sobre noivas no Centro Cultural, George Savalla Gomes - Palhaço Carequinha.

As leis criadas vão desde a criação da Semana do Empreendedorismo Feminino (Lei nº 670/2016, do ex-vereador Alex da Agência), a criação do Banco de Leite Materno (Lei nº 017/2005, ex-vereador Gilvan Aguiar e idealizada pela funcionária Marina Morena) e passando pela violência obstetrícia, com a implantação de medidas de informação à gestante e parturiente (Lei nº 667/2016, do vereador Armando Marins), presidente da Comissão de Assuntos de Mulher, Criança, do Adolescente, do Idoso e do Adolescente. Esta Comissão é um fato marcante, um marco institucional de defesa dos interesses das mulheres.

“Meu desejo a frente da Comissão é que ocorra a conscientização dos órgãos competentes e melhoria dos serviços em favor das mulheres. Ainda não existe igualdade de salários, de ofertas de emprego e a mulher quer ter o seu trabalho reconhecido, fora ou dentro de casa. Acredito que muita coisa melhorou no decorrer do tempo, e quero que continue crescendo a participação da mulher na sociedade, na política e em condições iguais de emprego”, explicou o presidente da Comissão, Armando Marins (PSDB).

Já a única vereadora da cidade, por três mandatos consecutivos, Iza Deolinda (PMDB), pede que as mulheres se juntem a ela para ter mais representatividade. “A participação das mulheres na política ainda é pequena em todas as esferas do poder. Por isso, peço que as mulheres acreditem mais nelas, e concorram a cargos eletivos para que possamos aumentar a nossa participação na política e aqui em nossa cidade”, disse a vereadora.

EXPOSIÇÃO – Todas as mulheres que estiveram na Casa Legislativa receberam flores e visitaram a exposição de noivas que estava no Centro Cultural. O presidente Diney Marins, disse que foi a primeira vez que a Câmara fez uma ação para comemorar o dia das mulheres.

“Acredito que o dia da mulher deve ser todos os dias, mas com a chegada do Dia Internacional da Mulher quero aqui parabenizá-las por esta data e desejar que a cada dia possam conseguir os seus objetivos seja no lar, no trabalho ou na sociedade” disse o presidente, que está com a Casa aberta para a população.