Foto: Roberto Moreyra/EXTRA
Da coluna Extra, Extra, do Jornal Extra
No dia em que cinco conselheiros do Tribunal de Contas do Estado foram presos com acusações de receber propina, vale lembrar que o TCE já foi tema de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa do Rio, em 2009.

Na época, a então prefeita de São Gonçalo Aparecida Panisset (PDT) afirmou que, em 2007, um conselheiro do TCE cobrou R$ 500 mil para aprovar as contas da prefeitura.

Como ela recusou, as contas foram rejeitadas.

A prefeita chegou a ser processada pelo então presidente do tribunal, José Maurício Nolasco.

O relatório final da CPI foi aprovado em 2010, mas não teve resultados concretos.