Foto: Divulgação/Facebook
O Governo de São Gonçalo apresentou nesta sexta-feira (10), em reunião com o Ministério Público e representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), a proposta de redução do número de parcelas do salário de dezembro de 2016. Ao lado do secretário de Educação, Diego São Paio, o secretário de Administração Guilherme Solé propôs que a dívida deixada pela gestão anterior com os profissionais da educação seja quitada em cinco vezes. 

“Em um esforço conjunto, conseguimos diminuir o número de parcelas sem que isso prejudicasse outras áreas do governo, dado o cenário de crise que estamos enfrentando. Desde o ínicio, nos colocamos à disposição para negociar com a categoria, mas é importante destacar que enfrentamos um grave problema de arrecadação no município”, explicou Solé.

A proposta apresentada pelo governo será discutida na próxima segunda-feira (13) em assembleia do SEPE, na qual também será decidida a continuidade ou não da greve da rede municipal. 

“A participação de representantes do governo em todas as reuniões com o Ministério Público e o SEPE mostra que estamos abertos ao diálogo. A redução do parcelamento é sinal de que o prefeito José Luiz Nanci e todos os seus secretários estão trabalhando muito para chegar à melhor solução para a educação de nosso município”, afirmou Diego São Paio.