Foto: Reprodução/TV Câmara
O vereador Sandro Almeida usou a tribuna da Câmara Municipal de São Gonçalo na sessão plenária de ontem (07) para criticar a nomeação da primeira-dama Eliane Nanci como secretária chefe de governo, com salário de R$12 mil reais. O parlamentar também disse que irá denunciar a situação na justiça.

"Quem vai decidir se a nomeação da esposa do prefeito é nepotismo ou não, é a justiça! Farei minha parte e entrarei com uma denúncia. Agora, pelo que tenho visto Brasil a fora, ela pode começar a arrumar as malas, dificilmente permanece", disse o vereador Sandro Almeida.