Fonte: Divulgação/TV Câmara
O vereador Nelson, que é capitão da Polícia Militar, falou na sessão plenária do dia 28 de fevereiro, que a intervenção federal no Estado do Rio de Janeiro ainda não trouxe nenhuma melhora para São Gonçalo.

"São Gonçalo até hoje não viu uma palha mexer diferentemente daquilo que era antes. Tivemos um aluno do Walter Orlandini, baleado no Patronato, os assaltos continuam, o comandante do 7º batalhão está fazendo das tripas o coração para tirar barricadas de Santa Luzia, e até agora não observamos mudança nenhuma. A nossa população continua sendo assaltada", disse o vereador.

O vereador também criticou o efetivo do batalhão de São Gonçalo, falando que é totalmente desproporcional o número de policiais ao número de habitantes da cidade.

"Se a gente tem que aumentar o efetivo da polícia, e o Estado, devido ao ajuste fiscal, não pode efetuar nenhum concurso, de onde vai tirar policial militar? E até quando a gente vai sofrer? Até quando a gente vai esperar uma ação mais efetiva dessa intervenção federal?", disse capitão Nelson.