Foto: Reprodução
Dezenas de pessoas pararam o centro de São Gonçalo na tarde desta quinta-feira, dia 9 de abril, em protesto por não conseguirem regularizar o CPF para fazer o cadastro no benefício concedido pelo governo federal de R$600,00/R$1.200. Ter o documento regular é um dos requisitos para fazer o cadastro no benefício.

As pessoas fizeram uma fila enorme em frente à Receita Federal da cidade, no Centro, mas não conseguiram fazer a regularização do documento. Revoltada, a população promoveu um quebra-quebra no centro, incendiou galões e parou o trânsito. A via teve todas as faixas interditadas e foram bloqueadas a passagem de veículos. A polícia militar esteve no local para proteger o prédio da Receita Federal e foi vaiada pela população.

A prefeitura de São Gonçalo informou que não tem responsabilidade na situação, já que o órgão é de responsabilidade do governo federal.