Captura de tela | TV Câmara
O vereador Lecinho, presidente da comissão de saúde da câmara municipal de São Gonçalo, protocolou uma indicação legislativa na câmara municipal onde pede que o prefeito decrete a reabertura do comércio na cidade. O vereador afirmou que "precisamos retomar a vida ao normal", mesmo diante da pandemia do coronavírus.

São Gonçalo registrou em uma semana (desde o dia 18/04 até 25/04) novos 63 casos do vírus. Em uma semana foi registrada a média de 1,4 morte por dia. O hospital de campanha que está sendo construído pelo governo do estado na cidade ainda está em obras, mesmo previsto para inaugurar em cinco dias (30 de abril). O número de testes feitos diariamente na cidade não é informado pelo governo municipal, mas as atualizações da secretaria de saúde mostram que são baixos.

Lecinho não fez, entretanto, críticas no mesmo teor que fez ao isolamento solicitando esclarecimentos da prefeitura quanto às medidas que estão sendo feitas pelo poder executivo da cidade nesse período de pandemia, embora cobrar essas informações seja uma de suas funções enquanto presidente da comissão de saúde da câmara municipal.

O parlamentar afirmou também que "a tuberculose mata em torno de 4.500 pessoas por ano. Mas a tuberculose não vende respirador por R$200 mil [reais]. Tuberculose não dá dinheiro, mas Covid-19 tá dando dinheiro pra muita gente, então ninguém tem interesse em acabar...", afirmou o vereador.

O vereador também criticou a Rede Globo por apoiar a orientação da Organização Mundial da Saúde favorável ao isolamento social, que é atestada como a melhor forma de conter a contaminação do novo coronavírus.