Captura de tela | TV Câmara de São Gonçalo
O vereador Alexandre Gomes usou a tribuna da câmara municipal na sessão desta quarta-feira, dia 29 de abril, para fazer um alerta sobre a flexibilização das medidas restritivas devido à pandemia. O assunto está sendo tratado em todas as sessões da câmara, e grande parte dos vereadores têm se colocado à favor de reabrir o comércio na cidade. Alexandre Gomes alertou para os riscos que a medida pode trazer à população.

"Ao invés de acreditarmos na ciência, estamos acreditando em discursos políticos oportunistas. Na hora que nos atentarmos para a gravidade, pode ser tarde demais", iniciou o parlamentar.

Alexandre Gomes alertou para os problemas econômicos que a cidade poderá enfrentar devido à queda na arrecadação de impostos, como o Imposto Sobre Serviço (ISS).

"Nós temos sérios riscos de no mês que vem não ter dinheiro para pagar os servidores. Sérios riscos! O nosso ISS acabou! Quem pagava o imposto era o [comércio do] Centro e de Alcântara, que estão fechados", afirmou Alexandre.

O vereador ainda criticou o desrespeito da população em relação às medidas restritivas.

"Sou a favor da flexibilização, sim! Mas a população não respeitou o isolamento, vai respeitar regra de flexibilização onde? E o pior: quando começar gente morrer "a dar com o rodo", sabe de quem vai ser a culpa? De todos nós aqui. [...] Vai criar regras pra quê? São Gonçalo é cidade sem lei! Ninguém respeita lei nenhuma! Sou a favor da flexibilização desde que seja obrigatório o uso de máscara em todos os cantos da cidade! Não adianta eu me cuidar e o vizinho não fizer a parte dele", disse.

Alexandre citou o caso do município de Blumenau, em Santa Catarina, que flexibilizou as medidas de restrição e, consequentemente, dobraram os casos de coronavírus na cidade. O vereador citou exemplo de diversos países do mundo que adotaram medidas restritivas, e ainda fez uma crítica ao presidente Jair Bolsonaro.

"Será que o mundo inteiro está errado e só nós e o presidente da república está certo?", questionou o parlamentar.