Foto: Divulgação
A Fiscalização de Posturas de São Gonçalo, em parceria com a Ronda Ostensiva (ROMU) da Guarda Municipal e Polícia Militar, realizou na última segunda-feira (4), operação em diversos pontos da cidade. O foco foi orientar as pessoas que se aglomeravam em filas nas agências bancárias.

A ronda priorizou as agências da Caixa Econômica Federal (CEF) e as Casas Lotéricas, nos bairros do Alcântara, Raul Veiga e Centro. A ideia surgiu a partir de um estudo realizado pelo órgão, que já vem atuando desta forma há algum tempo. A ação foi intensificada devido à grande aglomeração de pessoas que esperavam receber o Auxílio Emergencial do Governo Federal nesses locais.

Durante a fiscalização, o órgão relatou que recebeu denúncias de pessoas vendendo lugares na fila. Em resposta, a Fiscalização de Posturas informou que não tem competência para atuar neste tipo de ação, mas pede que as pessoas se conscientizem durante a pandemia, e que evitem sair de casa quando não for extremamente necessário. O órgão relatou também que solicitou em conversa a CEF para que coloquem funcionários nas áreas externas de suas agências, para fazerem o controle das pessoas.

A Fiscalização de Posturas enviou um ofício à Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), para que possam notificar todas as agências bancárias do município a manterem funcionários em suas áreas externas orientando a população sobre a importância do distanciamento social.