Foto: Jorge William/Agência O Globo
O Ministro da Saúde do governo Bolsonaro, Nelson Teich, pediu demissão do cargo nesta sexta-feira, dia 15 de maio, um dia antes de completar um mês no cargo. Teich havia assumido o cargo em substituição a Luiz Henrique Mandetta, que deixou o cargo após divergências com o presidente da república, Jair Bolsonaro.

Alguns dos fatores que colaboraram para a saída do ministro é a divergência sobre o uso da cloroquina no tratamento do coronavírus, que é ferrenhamente defendida pelo presidente, mas que o ministro relutava em defender a eficácia, além do afrouxamento no isolamento social. Esse mesmo fator foi o que levou o ex-ministro Mandetta a pedir demissão do cargo.

O general Eduardo Pazuello, número 2 do Ministério da Saúde, é o nome mais cotado para assumir a vaga deixada por Teich.

Com informações de UOL.