Rodrigo Neves, Marlos Costa, Dimas Gadelha e Fabiano Horta | Foto: Divulgação
Em nota divulgada para a imprensa nesta segunda-feira, dia 14, o ex-vereador Marlos Costa, PDT, anunciou que abriu mão da sua candidatura para ser vice na chapa que será encabeçada pelo médico Dimas Gadelha, do PT. Marlos era, até então, o pré-candidato do PDT à prefeitura da cidade com o apoio do prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, liderança do partido na região. 

Desde a última semana, lideranças do PT e PDT já mantinham conversas que mostravam quais seriam os rumos que tomariam, mas nenhum anúncio havia sido feito. O diretório do PDT em São Gonçalo inclusive divulgou uma nota afirmando ser notícia falsa uma informação de que abriria mão da sua candidatura para prefeitura da cidade para se unir com o PT. Nesse final de semana, porém, chegaram à conclusão de que deveriam unificar suas chapas à Prefeitura de São Gonçalo. Nesta segunda (14), às 18h, essa aliança será anunciada na Convenção on-line do PDT São Gonçalo, em que também serão oficializados os pré-candidatos a vereadores do partido.

"A conjuntura local levou a um diálogo do PDT com o PT, REDE e PROS no sentido de defendermos um programa comum. Chegando à conclusão de que o campo progressista e democrático da nossa São Gonçalo deveria buscar essa unidade, ampliando a viabilidade de uma candidatura que encerre os ciclos de gestões sofríveis no município. Em vista da importância desse diálogo em São Gonçalo e em diversas cidades no estado, os partidos do campo progressista começaram também a estabelecer entendimentos comuns -  por conta dessa busca de diálogo decidiram não antecipar esse anúncio de maneira precipitada", afirma a nota do ex-vereador Marlos Costa.

Dimas Gadelha, com forte apoio e experiência política do ex-prefeito de Maricá, Quaquá, tem buscado criar uma unidade política de esquerda para concorrer à prefeitura do município. Além de Quaquá, outro prefeito da região e liderança política de esquerda envolvida na campanha de São Gonçalo é o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

"Essa unidade vem ao encontro da urgência de termos em São Gonçalo uma gestão municipal técnica, eficiente e humana. É um projeto que se inspira em dois grandes prefeitos do estado que apoiam essa união: Rodrigo Neves, do PDT de Niterói, e Fabiano Horta, do PT de Maricá. Gestores que garantiram uma evidente melhoria em seus municípios, principalmente daqueles que mais necessitam, em gestões que se destacam no cenário de crises econômica e política da administração estatal do Rio de Janeiro", afirmou Marlos Costa, atual presidente do PDT São Gonçalo e ex-vereador do município por dois mandatos.